Porno Gratis – Filmes Porno Brasileiros, Videos de Sexo Nacional, Sexo Amador, Videos Porno. - Porno Carioca. Videos Porno, Videos de Sexo, Xvideos, Filmes XXX, Sexo Amador, Porno, Fotos Amadoras, Porno Gratis, Contos Eróticos.
Home » Contos »

Casada Carente da Net

Casada Carente da Net

O que vou narrar agora é uma história verídica que aconteceu comigo em janeiro de 2013.

Bem sou moreno 1,85m 87kg, olhos castanhos e cabelos curtos, sempre pratiquei esporte , principalmente natação e ciclismo. Portanto tenho um corpo bem cuidado.

Sou casado a 4 anos e estava passando por uma crise em meu casamento, e durante uma viagem de trabalho no hotel resolvi entrar em uma sala de bate papo.

Estava quase desistindo quando vi o Nick CasadaCarenteSP, mandei uma mensagem sem muita expectativa e para minha surpresa ela respondeu.

Seu nome era Sandra, tinha 42 anos e casada a 15 anos. Me disse que seu casamento também passava por uma crise e que se sentia só. Seu marido não ligava mais para ela e nem para os filhos.

Resolvemos trocar msn, e quando vi Sandra pela foto fiquei impressionado com sua beleza.

Uma mulher de 1,72m 64kg, linda , inteligente e simpática. Diante da situação começamos a conversar sobre nossas vidas e vimos que tínhamos muitas coisas em comum.

Marcamos de nos encontrar assim que eu voltasse de viagem, e aquela mulher não me saia da cabeça. Quando retornei a SP liguei para Sandra e marcamos de nos encontrar em um shopping center longe de nossas casas.

Quando cheguei ao local marcado me deparei com aquele espetáculo de mulher vista com um vestido longe que marcava o seu corpo, e muito cheirosa o que já me deixou louco.

Durante o almoço não conseguia tirar os olhos de seu decote, e ela percebeu mas continuamos nossa conversa. Ela me dizendo que a tempos não tinha relação com o marido, que sempre ficava sozinha e que achava que ele tinha um amante. Eu como bom ouvinte, deixei ela desabafar e pedi para que ela tivesse um pouco de paciência. Foi quando ela me disse que a paciência tinha acabado e que ela precisava mesmo era de uma amante.

Aproveitei a deixa e disse que se ela precisava de um amante para satisfaze-la eu poderia ajuda-la se ela quisesse. Ela so olhou para nos olhos e disse, estou aqui.

Pedi a conta deixamos a carro dela no shopping e fomos no meu, empretamos no primeito motel próximo, e começamos a nos beijar no carro, eu apertando aquela mulher cheirosa, beijando seu pescoço e ela dizendo que precisava de um macho de verdade e que seria eu.

Sandra começou a apertar meu pau sobre a calça , que a essa hora estava quase explodindo de tesão. Saimos do carro e colocar a Sandra de costas pra mim encontrada no capô. Comecei a morder seu pescoço por trás e sentir aquele bumbum maravilhoso esfregando no meu pau.

Fui descendo e levantando seu vestido e comecei a chupar aquele bucetinha gostosa por trás, afastando a calcinha de lado. Sandra começou a rebolar na minha boca e ate que gozou bem gostoso escorrendo um pouco epal perna de tao molhada que ela estava.

Subimos para o quarto e ela já foi tirando minha roupa e eu o vestido dela, confesso que ao ver aquela mulher so de langieri me deixou mais maluco ainda.

Deitei Sandra na cama e comecei a beijar sua boca, mordendo seus ombros e seu pescoço e fui descendo ate suas coxas mordendo ora uma, ora outra até chegar em seu pés.

Ela já estava delirando quando fui voltando e quando cheguei em sua coxas novamente e fui tirando sua langieri, vi o quanto ela estava molhada, não aguentei e começou a chupar muito aquela bucetinha gostosa, colocando seu clitóris todinho na boca e sugando.

Ela começou a rebolar como louca e gozou novamente na minha boca. Depos foi a vez dela tirar minha cueca e quando olhou o tamanho do meu pau, tomou um susto e disse, tudo isso pra mim???…..eu disse que sim, e ela logo começou a chupar , passando a língua nele todinho, colocando as bolas na boca e voltando ate a cabeça, vou quando ela abocanhou ele conseguindo engolir ate a metade engasgando e chupando ao mesmo tempoe pedindo para bater com ele em seu rosto e que queria ser uma putinha.

Coloquei Sandra de quatroe quando arrebitou aquela bunda fiquei louco e fui colocando meu pau todinho naquela buceta que a essa altura estava encharcada. Fui mentendo bem forte, bem rápido, puxando seus cabelos e chamando ela de puta, de vagabunda , que ele sentiria o que é um macho de verdade.

Coloquei ela na beira da cama e fiquei de pé atrás dela , e fui socando bem forte, enquanto ela rebolava e pedia mais.

Depois coloquei ela encima da mesa do quarto, levantando sua pernas e apoiando em meus ombros fui colocando todinho dentro dela deixando ela louca, dizia que era uma puta, o que corninho não comia ela direito e que eu seria seu macho sempre.

Foi quando ela ficou de pé , colocou as mãos sobre a mesa, arrebitou aquele bombum maravilhoso e com uma cara de safada pediu para comer o cuzinho dela com carinho porque estava com muita vontade.

Peguei o o tubinho de Ky que estava a venda no quarto e fui lubrificando aquele rabinho e meu pau, me ajeite atrás daquele rabo maravilhoso e fui colocando todinho meu pau dentro dele.

Conforme foi entrando , Sandra foi dando urro de dor e prazer , dizendo para não para e que iria gozar daquele jeito. Depois de sentir minha bolas batendo na bunda dela. Segurei ela pelo cabelo e fui socando mais forte, maia rápido naquele rabo gostoso e ela gemendo , urrando , pedindo para eu gozar naquele rabinho.

Não demorou muito e eu falei que ia gozar, ela na mesma hora tirou meu pau de seu rabinho, ajoelhou em minha frente e disse que queria a porra do macho dela todinho dentro da boca.

Gozei muito com Sandra aquela tarde.

E nos encontramos mais 2 vezes depois, mas ai é outra historia.