Porno Gratis – Filmes Porno Brasileiros, Videos de Sexo Nacional, Sexo Amador, Videos Porno. - Porno Carioca. Videos Porno, Videos de Sexo, Xvideos, Filmes XXX, Sexo Amador, Porno, Fotos Amadoras, Porno Gratis, Contos Eróticos.
Home » Contos »

Conto de Sexo Amador Nacional – O Meu Melhor e Pior Erro

Conto de Sexo Amador Nacional – O Meu Melhor e Pior Erro

Conto de Sexo Amador Nacional – O Meu Melhor e Pior Erro:

Outro dia me perguntaram qual foi o erro mais gostoso e bom ao mesmo tempo que eu cometi??Então veio a lembrança deter ficado com o sobrinho do meu marido em nossa festa de dez anos de casamento com certeza foi o melhor dos meus erros e das maiores loucuras que fiz na minha vida. E não me arrependo nem um pouco para vocês ficarem sabendo! Você deve estar pensando agora como eu fiz isso? Ainda mais numa festa que sempre tem muita gente na volta e eu i centro das atenções?..

Bem, ele é muito lindo,saradinho, novinho, todo delícia! Já rolava certo interesse de ambas as partes e aquele momento era o improviso perfeito para nós dois e ao mesmo tempo se tornou mais exitante.

Fim de festa, restavam apenas pouquíssimos amigos e todos estavam “chapados” de tanto beber, aparentemente desatentos. Estava encostada na pia da cozinha fazendo uma caipirinha quando ele entrou. Simplesmente não resisti quando ele chegou perto de mim na cozinha do salão e disse com uma voz safada e provocante bem gostoso

– Queria tanto te dar um presente (hmmm) !

Naquela hora me deu um frio na barriga, minhas pernas tremeram de imediato, minha buceta ficou molhadinha não sabia o que fazer. Sem olhar pra ele eu disse:

– É só dar o presente, simples assim.

Ele se afastou. Pensei que ia voltar para o salão, mas me enganei mesmoooo. Foi até a porta, espiou cuidadosamente para ver o “movimento” quem estava por ali e se a barra estava limpa. Quando ele voltou, tremi outra vez e gelei também.

– Então toma! – ouvi aquela voz no meu ouvido me deixando louca…

Virei o rosto para ver o que era e fui surpreendida por um beijo daqueles de fazer qualquer pessoa gozar de tanto tesão e puro prazer! E eu estava de saia… Ah, não! Ali começou meu gostoso erro e meu maior deles também…

Como o beijo estava bom demais e nossas mãos queriam muito mais, ele tratou de dar um jeito. Foi até o salão e perguntou se alguém estava a fim de uma caipirinha de maracujá e de morango, mandou muito bem na atitude. A desculpa perfeita para termos tempo de sobra e ninguém desconfiar de nada e podessemos fazer a maior loucura de todas.

Quando entrou na cozinha, já veio soltando o cinto e abrindo o botão da calça e botando aquela pau delicioso para fora. Mesmo sabendo que não poderia fazer isto, o desejo falou mais alto o tesão subiu ao ponto de que eu queria muito dar para ele!

Ajoelhei na sua frente e comecei a pagar um boquete bem gostoso e quentíssimo. Ele pressionava de leve minha cabeça contra seu pau e ficava cada vez mais louca de tesão. A situação era perigosa ao extremo, mas ele valia a pena todo o risco porque á anos eu não sentia tanto tesão como eu estava sentindo.

Ele me pegou pelo braço, beijou minha boca, passou as mãos em meus peitos tava uma putaria muito gostosa e eu cada vez mais excitada e molhada. Então levantou uma perna minha, colocou a calcinha de lado e fez a lingua trabalhar gostoso no meu grelinho fazendo u gozar loucuras.

Quando eu estava quase morrendo de tanto tesão, ele so me virou pra pia, dei empinada na bunda deliciosa e ele colocou gostoso. Foram minutos que me fizeram ir ao céu literalmente.

Vou gozar – ele falou ofegante. Respondi imediatamente:
– Não tira, goza dentro de mim quero sentir esse leite dentro de mim!

Neste instante, ele não aguentou e se liberou a porra. Deu aquela xingadinha basica de putinha e gozou gostoso. Quando terminou, me abraçou, beijou minha boca com um beijo safado e muito, muito gostoso e carinhoso. Eu estava tremendo ainda, numa louca mistura de medo e tesão. Dei uma risadinha meio sem graça e disse que adorei o presente. E ele disse simplesmente:

– Foi apenas o primeiro de muitos e muito só esperar.

Claro que nós tínhamos que fazer as caipirinhas muito rápido de verdade, afinal a demora foi grande. Fizemos de qualquer jeito e levamos para o pessoal, que estavam bêbados e dançando, inclusive meu marido corno que nem se ligou na putaria que eu tinha acabado de fazer.

A lembrança daquele dia me fez bem. Aliás, ele me faz muito bem até hoje, pois me fez sentir mulher de verdade outra vez e toda a vez que penso nessa sacanagem que fiz na minha vida!

E quanto ao meu marido corno? Você deve estar se perguntando… Como ele fica nesta história? Bem, tempos atrás ele me traiu com uma amiga nossa e mulheres, bem vocês sabem que nunca nos esquecemos de tudo. Aquilo me abalou demais na época. Estava em minha primeira gestação. Sofri muito, mas apesar disso continuei com ele pois o amava demais e a vida seguiu.

O tempo foi passando e ele cada dia mais distante. Um detalhe a ressaltar é que sempre fui gordinha, ele me conheceu assim. Até que um dia, numa discussão, ele olhou pra mim e disse:

– Sabe por que eu te traio? Porque você é gorda!( escroto)

Comecei a chorar e falei:

– Sou gorda sim, mas sou mulher! Linda e maravilhosa!

Ele começou a rir e disse assim

– Então vai ver se alguém te quer… ( mais escroto ainda …)

Ele não precisa saber da resposta certa… Eis o “erro” do qual não me arrependo nunca!

Conto erótico baseado na história de W. T.