Porno Gratis – Filmes Porno Brasileiros, Videos de Sexo Nacional, Sexo Amador, Videos Porno. - Porno Carioca. Videos Porno, Videos de Sexo, Xvideos, Filmes XXX, Sexo Amador, Porno, Fotos Amadoras, Porno Gratis, Contos Eróticos.
Home » Contos »

Conto de Sexo Nacional – Traindo Meu Noivo Com Meu Ex

Conto de Sexo Nacional – Traindo Meu Noivo Com Meu Ex

Meu nome é Luiza e tenho 23 anos. Sou uma ruiva gostosinha e me considero bastante atraente.
Para começar o meu relato, vou falar de um ex meu. Um namoradinho que tive quando tinha uns 16 anos. Era novinha mas eu gostava muito de ficar com ele. Rolava umas mão bobas no nosso namoro, mas não passava disso pois éramos virgens, e pretendíamos perder a virgindade juntos porém isso não aconteceu, pois mudei de cidade e acabamos perdendo o contato. No mesmo ano, conheci meu atual noive por quem sou completamente apaixonada e plenamente satisfeita em todos os sentidos. Estamos juntos a 6 anos, 1 de noivado. Perdi minha virgindade aos 18 anos com ele, e até o início deste ano(2015) era o único homem com quem eu já havia tido relações. No final de 2014 prestei vestibular para uma faculdade e no início de 2015 comecei o curso. No 2° dia de aula, estava saindo para o intervalo e esbarrei com nada mais nada menos que o meu namoradinho de 6 anos atrás, que aqui vou chamar de Carlos. Nos cumprimentamos, conversamos muito e trocamos telefones. Durante um mês nos víamos todos os dias e conversávamos muito, até que um dia o nosso papo ficou um pouco mais ousado. Começamos a relembrar o nosso namoro e ele me disse que ainda sentia muita vontade de transar comigo, que leva esse desejo a 6 anos. Na hora fiquei vermelha, me despedi e ficamos uma semana sem conversar. Até que ele me chamou no whats e perguntou o que eu achava de sairmos pra beber algo, somente como amigos. Como meu noivo estava viajando a trabalho, aceitei e saímos para beber. Fomos a um barzinho, estávamos nos divertindo muito até que ele, depois de uns copos a mais de bebida, “tomou coragem” e colocou sua mão sobre minha coxa. Senti um arrepio da cabeça aos pés, muito gostoso, mas disfarcei e fingi que não havia percebido. Ele então foi subindo sua mão pela minha coxa até chegar na minha virilha(eu estava de vestidinho), foi então que senti minhas pernas tremerem, olhei pra ele e perguntei o que estava fazendo, ele me respondeu:
– Luiza, relaxa, vamos aproveitar que nos reencontramos pra terminar o que começamos a 6 anos atrás…
Olhei para ele com uma cara meio que assustada e ele disse:
– Vamos comigo a um lugar mais tranquilo?
Eu não sei o que se passou por minha cabeça, mas sem titubear disse:
– Tudo bem, vamos…
Saímos de lá e ele me levou a um motel que ficava perto do bar onde estávamos.
Chegando lá disse a ele que não tinha certeza se queria fazer mesmo aquilo, pois amo muito meu noivo e não queria traí-lo. Ele então me pegou pela cintura, me puxou pra perto dele e me disse:
– Shiiiu, relaxa, ninguém vai saber, só aproveita…
E nisso me agarrou firme e me deu um beijo de tirar o folego, como antigamente, deslizou sua mão pelo meu corpo, descendo pelas minhas costas, passou a mão na minha bunda e a apertou firme(que sensação deliciosa), ergueu meu vestido de vagar, me empurrou contra a parede e começou a passar os seus dedos na minha bucetinha por cima da calcinha, nessa hora me entreguei totalmente e soltei um gemido em seu ouvido, senti o pau dele ficar duro e roçar na minha bucetinha. Nisso ele me jogou na cama, tirou meu vestido, meu sutiã, e começou a mamar muito gostoso nos meus peitos. Eu gemia alto de tanto tesão, agarrava-o pelos cabelos e fazia com que ele abocanhasse meus seios com vontade. Então joguei ele pro lado, tirei sua cueca(não sei como mas ele já estava só de cueca) e comecei a provocá-lo. Passava meus lábios bem perto das bolas dele, fazia ele sentir meu hálito quente, sentir ele se contorcendo de tesão, e então comecei a lamber seus testículos, ele gemia muito gostoso, fiquei nessa brincadeira um tempo e então abocanhei aquele pau delicioso(devia ter uns 21cm, era grosso e lindo), o chupei com muita vontade, sentia aquele pau pulsar de tesão na minha boca,quase fiz ele gozar, até que ele me jogou de volta pro lado, veio por cima de mim e tirou minha calcinha, já ensopada de melzinho, e começou a me chupar deliciosamente. Eu me contorcia de tanto tesão, então ele começou a meter 2 dedinhos dentro dela, não resisti e gozei na boca dele. Ele veio então pra cima de mim, colocou minhas pernas sob os ombros dele e começou a meter a cabecinha na entradinha da minha buceta. Que sensação incrível, eu estava delirando com ele me provocando daquele jeito, até que disse:
– Não me provoque assim Carlos, mete logo esse pau gostoso na minha buceta vai…
E ele obedeceu, colocou aquele caralho todo dentro de mim, fui aos céus, que pika mais gostosa, e ele botava e tirava, com força, arreganhando minha bucetinha apertada, eu gemia, gritava de tanto prazer, gozei de novo… Ele então me pôs de quatro na cama e começou a meter no meu cuzinho(eu já dava ele pro meu noivo então não senti dor nenhuma), eu já estava fora de mim de tanto tesão, ele metia tão gostoso no meu cu, enquanto eu me masturbava com os dedinhos, gozei de novo e ele gozou também, encheu meu cuzinho de poha. Ele então deitou, exausto(já estávamos lá a 2hs), subi então em cima dele e comecei a chupá-lo de novo, eu queria mais daquele êxtase todo, não demorou para que seu pau ficasse durinho de novo, e eu não perdi tempo, subi em cima dele e comecei a quicar e rebolar naquele pau, ele agarrava meus peito e urrava feito um leão de tanto tesão, puxava meu cabelo, me fazendo ficar inclinada pra trás enquanto cavalgava cheia de tesão no pau dele. Ele então sentou na cama e nossos corpos ficaram bem próximos, ele mamava nos meus peitos enquanto eu sentava no pau dele, gozamos juntos mais uma vez… Ele então levantou da cama, ainda de pau duro, sentou em uma cadeira e me chamou pra que sentasse em cima dele, virei de costas, empinei minha bunda na sua cara, ganhei uma chupada que quase me fez gozar, e então, de costas pra ele, sentei de novo naquele pau todo melado com o meu gozo, ele agarrava minha bunda com força e me fazia subir e descer frenéticamente naquele pau pulsante, até que ele não resistiu e gozou tudo dentro de mim. Senti um jato de poha quente dentro de mim(eu tomo pílula então não teve problema)que encheu e melou toda minha bucetinha.
Fomos então pro banho, lá ele me chupou mais uma vez, gostoso como nunca(que língua maravilhosa tem aquele homem) gozei de novo na boca dele, tão gostoso que não pude conter os gritos. Já estava exausta, então ele me deixou em casa, depois de 4hs no motel.
Meu noivo voltou de viagem logo no dia seguinte. Contei que tinha ido beber com uns amigos e ele nem sequer desconfio de nada. Claro que não fiquei bem em ter traído, mas não me arrependo pois foi o melhor sexo da minha vida.