Porno Gratis – Filmes Porno Brasileiros, Videos de Sexo Nacional, Sexo Amador, Videos Porno. - Porno Carioca. Videos Porno, Videos de Sexo, Xvideos, Filmes XXX, Sexo Amador, Porno, Fotos Amadoras, Porno Gratis, Contos Eróticos.
Home » Contos »

Conto Porno Amador Brasileiro – Convite Especial Para Você !!!

Conto Porno Amador Brasileiro – Convite Especial Para Você !!!

Conto Porno Amador Brasileiro – Convite Especial Para Você !!!:

Toda maliciosa, disse que tinha um convite especial para mim. Desta vez subiu a escada na minha frente com muito tesão.

De propósito foi vagarosamente vencendo os degraus, movimentando os quadris e pernas em ritmos opostos. Demonstrava grande satisfação em ser observada daquela maneira totalmente secada: com atenção, em detalhes.

O movimento das pernas acompanhava as bordas dos degraus e com a cintura imprimia um curto e eficaz contratempo, vibrando suas belas nádegas por baixo do shortinho jeans. E eu aqui, encantado com toda aquela visão sensacional.

Em certo momento parou, olhou de soslaio abrindo discretamente o zíper vagarosamente:

– Espere cinco minutos e depois suba. – Disse quase sussurrando com uma voz sexy.

Ok, ok… Joguinhos eróticos me fazem muito bem. Pensei: “porque não”? Tratava-se na verdade de um dos inesperados presentes que ela tinha prazer em me dar. Adoro quando ela faz isso…

Esperei, contei alguns momentos a mais e resolvi finalmente avançar de uma vez.

O dormitório estava à meia luz, as cortinas fechadas, um facho luminoso em tons amarelados iluminava seu corpo deitado de bruços sobre a cama. Não havia mais o tão conhecido shortinho, apenas uma frágil peça rendada em um desenho de alças largas e incrivelmente sexy a contornar duas belas curvas.

Suas belas formas perdiam-se em direção à cama por conta do enxoval e da pouca iluminação. Quando notou minha presença revolveu os lençóis e deixou-me antever sedutoramente o que antes não havia conseguido perceber.

A renda era especialmente frágil e delicada, mal conseguindo ocultar sua pelagem. Seus movimentos agora eram lânguidos. Ondulava quase imperceptivelmente os quadris para cima e abaixo, toda lasciva. Suas nádegas arrebitavam para mim, num convite ao prazer.

Virou o rosto deixando cair seus cabelos para o lado, suficientes apenas para avisar-me:

– Faça o que quiser comigo, amor…vem me come bem gostoso

Autoria: Ophirde