Porno Gratis – Filmes Porno Brasileiros, Videos de Sexo Nacional, Sexo Amador, Videos Porno. - Porno Carioca. Videos Porno, Videos de Sexo, Xvideos, Filmes XXX, Sexo Amador, Porno, Fotos Amadoras, Porno Gratis, Contos Eróticos.
Home » Contos »

Conto Porno Amador Brasileiro – Desejo Proibido pela Cunhada

Conto Porno Amador Brasileiro – Desejo Proibido pela Cunhada

Conto Porno Amador Brasileiro – Desejo Proibido pela Cunhada :

Tudo começou quando a minha namorada veio falar que tinha uma irmã novinha, mais com um corpo já bem formado. Isso já me gerou um desejo sobre a tal, com o passar do tempo podemos nos conhecer, pessoalmente e claro obtive a certeza de que realmente ela era uma novinha de tirar o folego parceiro. Nisso comecei a ir dormir na casa da minha namorada e sempre ficamos vendo TV ate a madrugada, pois a mãe dela e a irmã mais nova, sempre deitava cedo, numa bela madrugada, minha cunhada que adora ficar mexendo na internet, saiu do quarto dela pra ir pro banho, levando apenas seu pijaminha bem curto eu uma calcinha de renda vermelha fio dental, passou pela sala onde eu estava sentado com a minha namorada deitada já dormindo no sofá, eu estava assistindo Altas horas e por incrível que pareça havia começado as perguntas sobre sexo e desejos proibidos naquele exato momento ela se sentou e sem perceber que eu tava já a olhando deixou cair seu pijama com o fio dental na minha frente, eu levantei peguei e a entreguei, e ela foi pro banheiro com maior vergonha. O banheiro lá nao tem porta, nao pensei duas vezes e fui logo dar uma olhadinha … Que visão … putz… Branquinha 1,55, peitos durinhos pontiagudos, bunda media durinha lisinhaaa, e uma bucetinha virgem inchada lisinha, logo pensei hoje que vou saciar meu desejo com essa putinha, quando penso que nao o chuveiro desliga e ela sem querer fazer alvoroço me chamou despistadamente pra olhar, logo meu pau já respondeu antes de tudo e ficou extremamente duro e volumoso no short de jogar bola , então quando fui entrando no banheiro ela estava com uma toalha de rosto tampando sua bucetinha e com o braco tampando os peitos. Percebi que ela ficou um tanto interessada quando viu meu short estufado, e começou aperta seus peitos, ai religuei o chuveiro pra quela delicinha terminar, logo ela me chamou pedindo pra pegar a toalha nisso eu já fui com uma surpresa tirei minha cueca e fui com a toalha enrolada quando ela me viu, perguntou porque eu tava enrolado ai disse desenrola que voce descobre, ela puxou quando viu meu pau duro com as veias estufadas logo começou aperta lo , ai falei chupa ele, ela disse nao sei chupar ai disse e simples er igual picole, ela então caiu de boca, e já foi colocando tudo ate as bolas e aproveitei pra segurar pelos cabelos e simular que estava dando estocadas, nao aguentei tirei da sua boca , peguei a pus com uma perna encima do vazo e comecei a chupar sua bucetinha e ela contorcia tudo, mais com toda cautela pra não gritar e nem assusta lá , com a outra mao comecei a rocar um dedo no seu cuzinho ela então soltou um gemido baixinho, ai cunhadim mete gostoso igual se faz com a minha irma, quando coloquei mais um dedo no seu cuzinho escutamos um barulho e ela logo se enrolou na toalha e foi para o seu quarto, eu peguei liguei o chuveiro e simulei que estava tomando um banho pois o calor do meu corpo era incomparável com uma chama, minhas bolas doloridas se refrescavam com a agua morna… Logo desliguei o chuveiro e fui pro quarto me deitar e ela mandou um zap zap, cunhado voce me deixou doidinha ainda quero experimentar seu pau todinho dentro da minha bucetinha, vou gozar nele todo varias vezes seu filho da puta gostoso, nisso peguei no sono e pela manha fingimos que nada havia acontecido… e ficou no ar essa aventura arriscada… Quando acontecer os finalmente volto pra contar …. Valeu, espero que gostem !!!!