Porno Gratis – Filmes Porno Brasileiros, Videos de Sexo Nacional, Sexo Amador, Videos Porno. - Porno Carioca. Videos Porno, Videos de Sexo, Xvideos, Filmes XXX, Sexo Amador, Porno, Fotos Amadoras, Porno Gratis, Contos Eróticos.
Home » Contos »

Conto Porno Amador Brasileiro – O Chefe e Sua Linda Funcionária

Conto Porno Amador Brasileiro – O Chefe e Sua Linda Funcionária

Conto Porno Amador Brasileiro – O Chefe e Sua Linda Funcionária

Sou uma mulher atraente e muito sexy, cabelo ondulado, longo, na altura da cintura, corpo bonito naturalmente(risos), sem precisar de esforço na academia. Tenho rostinho de princesinha e um olhar que contradiz toda essa ingenuidade…imaginem só….

Comecei a namorar aos 16 aninhos e depois de dois anos me casei. Tive outros namoradinhos, mas nunca conheci outro homem. Eu e meu marido sempre mandamos muito bem na cama, até que depois de mais dois anos resolvi dar um tempo por outro motivo pessoal.

Foi então que tive a minha primeira experiência com outro homem… Meu Patrão! Ele esteve perto durante exatamente um ano, diz ele que não, mas sempre me olhou com vontade de me comer, eu sentia isso, ali mesmo e eu ficava constrangida com isso e ao mesmo tempo exitada. Chegou até a puxar assunto na internet logo quando me conheceu, mas logo descartei qualquer possibilidade, afirmando que eu era casada, não poderia entregar o jogo assim de cara.

Até que durante a minha fase de solteira, iniciamos uma conversa no Facebook e informei que estava solteira e agora poderíamos voltar a conversar. Meu patrãozinho logo se animou! Passamos a trocar mensagens deliciosas durante o dia, fotos e assuntos com tanta intimidade… Até que saímos a primeira vez.

Confesso que mil coisas passaram na minha cabeça antes de ceder por completo, embora seja normal, mas eu não queria que fosse apenas mais um, mas a vontade foi tanta que acabei cedendo eu estava muito exitada, amei e aquilo não saía da minha cabeça!

Com o passar do tempo fui me descobrindo cada vez mais apaixonada, nos falávamos todos os dias e algumas vezes até mesmo um boquete gostoso no horário do almoço, pertinho do escritório mesmo, algumas vezes na sua própria sala, estava adorando esse fetiche.

Nossos encontros passaram a ser constantes cada dia eu estava mais viciada naquele jogo de sexo selvagem, queria sexo sempre que podia! Foi tudo rápido e intenso, durou cerca de quatro meses, depois passei um tempo sem ir trabalhar e também resolvi dar mais uma chance ao casamento.

Esquecer-se de tudo enquanto está distante é um pouco mais fácil, até que voltei a trabalhar uns dias perto do perigo!

“Não faz isso comigo, por favor! Eu sou casada, nunca traí meu marido, por favor, pare!”

Falei ao ver aquela cena, a porta trancada, meu patrão gostoso encostado na parede da sua sala, camisa aberta, calça abaixada, usando uma corrente que o deixara ainda mais sexy em meio aquele cara de quem suplicava por um boquete bem gostoso, fazendo movimentos de vai e vem com seu pau duro de tanto tesão.

Confesso que queria, mas não podia fazer isso. Era uma guerra na minha cabeça!

Poucos dias se passaram até que num final de tarde ele veio se despedir como de costume e falei:

Vai fazer o que hoje?

Nada, vou pra casa, respondeu.

Vamos fazer nada juntos?

Ele ficou surpreso, afinal foram seis meses sem nos tocar, enfim eu estava ali sedenta, me oferecendo e disposta a me deliciar no seu prazer. Era uma vez uma boa e bela moça… Claro que ele topou!

Começamos os amassos ali mesmo, na sua sala, dando um tempo do meu marido sair da porta do escritório, pois estava me esperando, mas liguei e inventei uma desculpa que tinha saído mais cedo. Dei ali mesmo naquele momento, segurando na sacada da sua sala, ele não resistiu e logo gozou na minha boca!

Chegamos ao motel completamente enlouquecidos de tesão. Que saudade do meu “homem”!

Suas mãos deslizavam sobre meu corpo, nos beijamos apaixonadamente. Sentia tantas coisas numa fração de segundo. Não sei ao certo o que mais me enlouquecia, seu perfume, sua barba macia ou sua respiração pesada de tesão sussurrando no meu ouvido: quanto tempo perdemos ein minha gostosa…

Fiquei ali nua e encharcada de tanta excitação, totalmente disponível a seus olhos, que me olhavam como se eu fosse alguma obra de arte rara. Não sei se era isso de fato que passava em sua mente, mas é assim que me sinto sob suas mãos e olhar penetrante.

Ele não perdeu tempo, veio em minha direção e me chupou de tal maneira que parecia querer me sugar… Quanto desejo percebi pelas suas reações repetitivas!

Já não aguentava mais! Queria ele todo duro todo dentro de mim. E me chupava ainda mais gostoso e intenso, até que finalmente penetrou com toda força me deixando alucinada de tanto tesão…

Que delícia sentir seu spau gostoso mais uma vez dentro de mim.

Em seguida segurou minhas pernas de lado e enfiou ainda mais forte, sussurrando que sou sua morena gostosa e que não aguentava de tanta saudade.

Trocamos de posição várias vezes. Fui por cima dele, beijando sua boca, segurando com carinho suas mãos até que ele gozou dentro de mim. Isso me deixou ainda mais excitada, pois antes eu engolia tudo, até a última gota de prazer.

Voltou a me chupar, dessa vez eu já estava à flor da pele! Enfiava o dedo com toda força na minha intimidade, sem nenhum cuidado de me machucar, alternava entre a parte de trás também…

Até que não aguentei com tanto estímulo e gozeiiii muitooooooo!

Fiquei quente, respirava fundo buscando o controle que ainda tinha… Senti tudo latejando, o coração disparado, me desliguei do mundo por uns dois minutos, quando dei por mim ele estava ali, me beijando a testa. E completamente duro novamente, insaciável, louco pra me usar mais uma vez.

Éramos somente um homem e uma mulher entregues a um desejo louco… Não apenas um chefe e uma funcionária.

Espero que tenham gostado da minha experiencia que acabei de compartilhar!!!