Porno Gratis – Filmes Porno Brasileiros, Videos de Sexo Nacional, Sexo Amador, Videos Porno. - Porno Carioca. Videos Porno, Videos de Sexo, Xvideos, Filmes XXX, Sexo Amador, Porno, Fotos Amadoras, Porno Gratis, Contos Eróticos.
Home » Contos »

Conto Porno Amador Brasileiro – O Irmão Caçula da Minha Melhor Amiga

Conto Porno Amador Brasileiro – O Irmão Caçula da Minha Melhor Amiga

Conto Porno Amador Brasileiro – O Irmão Caçula da Minha Melhor Amiga

Tudo começou quando a mãe de uma amiga se casou pela segunda vez e com isso eu conheci o seu irmão caçula. Ele era meio gordinho, mas muito lindo e com cara de safado, muito safado digamos já de passagem, sorriso sem vergonha e voz rouca, enfim um charme. Sempre estava na casa dessa amiga e com isso sempre conversávamos muito. Acabamos nos tornamos amigos, mas eu sempre notava olhares diferentes da parte dele e eu também olhava para ele de uma certa forma diferente.

Na época eu estava sozinha e não queria me envolver com ninguém. Mas de repente ter um momento mais caliente ou um sexo bom não faz mal a ninguém, não é?… Fernando me tentava demais, me olhava de um jeito que me deixava louca, mas eu me continha por respeito a minha amiga, melhor amiga. E também por ele ser mais novo do que eu. Mas eu pensava o tempo todo nele…já estava ficando maluca pelo novinho!!!!

Até que num fim de semana surgiu uma festa na casa de um amigo em comum. Combinamos de ir e ela me ligou. Disse que iríamos nessa festa e que o Fernando também iria e la fomos nós. Ela queria apresentar ele para nossos amigos e achei o máximo! Imaginei que seria a oportunidade ideal para uns bons beijos. Ficava torcendo pela semana passar bem rápido e ela passou.

Enfim o sábado chegou e eu não via a hora de ir para essa festa. Passei o dia me arrumando. À noite coloquei um lingerie branco e bem bonito, jeans apertado, uma blusa preta e botas de salto alto, estava uma delicia, assumo.

A noite estava um pouco fria. A casa desse amigo era num bairro alto e perto de uma serra e com certeza lá estaria mais frio. No horário combinado, minha amiga chegou e seguimos para festa. Estávamos em dois carros e eu fiquei sem ver o Fernando até pararmos num Hipermercado para comprar cervejas para a festinha.

Quando ele desceu do carro, quase cai para trás! Estava todo de calça jeans e camisa branca, com um perfume delicioso. Ele me abraçou, me deu beijo super gostoso no rosto, disse baixinho no meu ouvido que eu estava uma delicia, isso me deixou muito exitada.

Na hora quase o agarrei, mas me contive. Falei que não escaparia de mim aquela noite e ele com a cara mais safada do mundo respondeu que estaria esperando ansioso pelo momento.

Seguimos adiante e já fomos bebendo alguns drinks e mais drinks.

Chegamos lá e a festa já havia começado, estava repleta de convidados. A casa era linda, com piscina e um lindo jardim, pouco iluminado. A festa era no salão perto da piscina e estava simplesmente maravilhosa. Ficava o tempo todo olhando Fernando de longe. Houve um momento que o vi conversando com uma menina e fiquei um pouco enciumada. Minha amiga percebeu meus olhares e perguntou se eu estava afim de seu mais novo irmão. Neguei! Só que ela me conhecia muito bem…

Peguei uma bebida e subi para o jardim. Queria ficar sozinha e estava muito aborrecida com ele. Realmente estava com ciúmes e não tinha como evitar, olhem só a situação que eu fiquei derrepente. Vi que havia uma bela BMW branca estacionada perto da entrada da casa, cheguei mais perto para olhar. De repente senti uma mão na minha cintura e quase gritei de susto. Quando virei, era Fernando me olhando com aqueles olhos penetrantes…

Estava me procurando e queria saber por que eu tinha sumido. Resmunguei que estava apenas olhando o jardim. Olhou dentro dos meus olhos e sem dizer nada me puxou, começou a me beijar, sem acreditar naquele motivo bobo que inventei.

Sussurrou no meu ouvido que tinha passado a semana imaginando nós dois e que ficava de pau duro pensando em mim. Senti um tesão tão gostoso quando ouvi isso.

Os beijos continuavam e eu estava ficando louca de vontade. De repente, não sei o que aconteceu que as luzes se apagaram! Sabe aquele momento que parece que tudo conspira ao seu favor? então…

Ele encostou-se a um muro, ergueu os meus braços e prendeu com seu corpo. Com uma mão ergueu minha blusa e começou a chupar os meus seios… Sentia ele completamente duro, esfregando em mim. Queria transar com ele, mas tinha receio. Estávamos numa festa.

Consegui me soltar, abaixei, abri a sua calça e surgiu na minha frente um p.. Duríssimo e gostoso! Não era muito grande, mas bem grosso do jeito que eu gosto. Coloquei-o inteiro dentro da minha boca e ouvi Fernando gemer e puxar meu cabelo.

Chupei com tanta vontade que o sentia tremer de tanto tesão. O medo de sermos flagrados por alguém era imenso, mas o tesão que sentíamos era muito maior.

Fernando olha pra mim e fala “quero você em cima da BMW”. Olhei assustada, ele só podia estar ficando maluco! Seria horrível se alguém nos visse ali.

“Se não demorarmos muito, dá tempo… Estou louco por você!” ele me disse ofegante. E eu, no auge da loucura, concordei com a loucura e fomos para perto do carro. Como eu estava de botas, pediu que a tirasse. Não estava acreditando que estava fazendo tudo o que ele queria!

Ele arrancou a minha calça e eu fiquei praticamente nua! Estava muito frio, mas meu corpo estava quente demais. Fiquei encostada no carro, enquanto ele abaixava minha calcinha.

Abriu minhas pernas e começou a enfiar a língua dentro de mim… Gemia um pouco alto, apesar dos seus protestos para fazer silêncio. Ele tinha uma língua fantástica! Gozei na boca dele logo em seguida!

Colocou a camisinha, me jogou em cima do carro e me penetrou com toda a força. Estava molhada demais! Num vai e vem frenético, gemia e ele batia na minha bunda. Disse que não sairia dali sem comer “a parte de trás” por que seria o primeiro da sua vida.

Aquilo me deixou com mais excitação e concordei e sem pensar em nada. Virei de costas, me debrucei mais ainda em cima daquele carro. Disse: “vem, meu amor, realiza seu desejo” Devagarzinho ele foi penetrando aquele p… Grosso em mim. Doeu um pouquinho, mas logo o desejo tomou conta do meu corpo e rebolei gostoso, mesmo com toda aquela sensação de perigo. Gozamos juntos…e gente como gozamos, foi um sexo sensacional… Daquele jeito! Minha sorte é que estávamos num local mais afastado e ninguém se atreveu cruzar por ali naquele momento.

Depois coloquei rapidamente minha roupa e sai procurando um banheiro para me limpar. Encontramos-nos na festa mais tarde e nossos olhares eram de felicidade… Logo estávamos abraçados e nos beijando para todos verem.

Depois daquela festa ainda saímos mais algumas vezes, mas depois ele arrumou uma namorada. Não daríamos certo. Ele tinha 23 anos e eu já estava com 33anos. O que importa é que foram deliciosos meses que passamos juntos. E o melhor: nunca vou esquecer-me daquela noite em cima da BMW com o novinho delicia bom de foda demais…