Porno Gratis – Filmes Porno Brasileiros, Videos de Sexo Nacional, Sexo Amador, Videos Porno. - Porno Carioca. Videos Porno, Videos de Sexo, Xvideos, Filmes XXX, Sexo Amador, Porno, Fotos Amadoras, Porno Gratis, Contos Eróticos.
Home » Contos »

Conto Pornô Brasileiro – Minha Cunhada Novinha

Conto Pornô Brasileiro – Minha Cunhada Novinha

Bem vou conta uma das minhas transas mais sensacional
Não vou divulgar nomes pois trata de um fato real, tenho 30 anos e estou com minha esposa a 12 anos, mas minha cunhada que hoje tem 21 anos sempre me chamou a atenção desde que completou seus 18 aninhos, “magrinha, seios pequenos ideais para serem devorados pela minha bocona, bumbum grande empinado, branquinha, uma delicia de cunhada! Algumas vezes já falei sobre sexo com ela, mas nada muito avançado.
No dia 29/3/16 cheguei do trabalho e lá estava minha cunhada conversando com a minha esposa “minha cunhada com aquele short jeans super curto e uma blusinha que mostra o piercing no umbigo, que delicia mas é claro tive que disfarçar o meu desejo, dei um abraço apertado e perguntei o que ela estava fazendo em casa já que ela só aparecia em reuniões que minha esposa convoca”
Ela me respondeu que ia dormir aqui em casa porque havia brigado com o seu namorado e não queria ele por perto! “Logo pensei tá carente, é um bom momento pra aproveitar”. Ela tem um namoro de indas e vindas com um cara que dura uns 5 anos. Logo perguntei o que havia acontecido, ela me respondeu que ele prefere os amigos do que ficar com ela, falei pra ela deixar o cara que depois de um certo tempo tudo muda, nada é igual ao começo de namoro, ela deu risada e continuamos a conversar.
Por volta das 22:00 minha esposa falou que ia dormir, falei que também ia que estava muito cansado, subimos pro nosso quarto e minha cunhada iria dormir em um colchão na sala, por volta das 00:30 desci pra ir ao banheiro tive uma surpresa, “minha cunhada estava assistindo o canal sexyhot em minha tv”, fiz um leve barulho e ela mudou e fingiu que estava dormindo, mas nada adiantava já havia pegado no flagra, fui ao banheiro e depois na cozinha beber um pouco de água, quando voltava da cozinha ela fingiu ter acordado e me falou que havia dormido e deixado a tv ligada, falei que não havia problema e que ela também não precisava mentir que quando eu estava descendo vi ela mudar canal e ainda mencionei o canal que ela estava assistindo, ela ficou toda sem graça, falei pra ela que era normal isso e que eu assistia inúmeras vezes também, “nessa hora já estava louco de tesão quase avançando nela”. Falei que ia subi, ela me falou que estava sem sono e que não parava de pensar no namorado, fiquei uns 10 minutos consolando ela até que falei que não entendia o cara já que ela era um tesão com todo o respeito, “porra nenhuma já queria tá com a minha rola naquela bucetinha”, ela me olhou assustada mas no fundo com desejo. Ela foi até o banheiro e aproveitei e subi no quarto pra confirmar que minha esposa estava dormindo.
Quando desci ela já estava deitada e até se assustou quando me viu novamente e me falou achei que você tinha ido dormir, falei que não e que iria fazer companhia a ela, logo em seguida falei pra ela se ela nunca havia percebido a maneira que eu a olhava, ela me respondeu sem graça que não percebia nada diferente, falei que das minhas 4 cunhadas ela é a mais bonita e gostosa de corpo, com isso ela me olhou com um olhar de você quer me devorar, falei se podia fazer uma coisa que ela nunca esqueceria em sua vida, ela me respondeu se for o que eu estou pensando NÃO, me aproximei dela e perguntei o que ela estava pensando e antes dela me responder já estava beijando ela e ela retribuindo, “esse jogo de ser fazer difícil não rola comigo”, desci até o seus seios que estava durinhos de tanto tesão quando coloquei minha mão na sua bucetinha ela estava toda molhadinha mesmo assim chupei ela toda e no mesmo tempo introduzia um dos meus dedos na bucetinha, ela delirava de desejo e começou com um gemido alto que tive que coloca minha mão na sua boca, chupei ela uns 10 minutos entre gemidos e contorcidas ela gozou na minha boca aquilo foi sensacional “ela falou que aquilo nunca havia acontecido com ela”, direcionei o meu pinto até a sua boca e ela chupou como ninguém ela puxado e sugava como se estivesse tomando algo de canudinho, coloquei ela de quatro e logo enfiei o meu pinto na sua bucetinha toda molhada, estava bombando com tanta força que ela gozou novamente e mesmo assim continuei a bomba com força e comecei a passar o meu polegar em volta do seu cuzinho e ela delirava, quando eu falei que iria gozar ela falou pra eu colocar em seu cuzinho, interrompi o meu gozo na hora, coloquei o meu pinto que estava pulsando em seu cuzinho bem devagarinho já que ela me falou que era a sua primeira veze, “nessa hora não queria saber se era a primeira, segunda ou terceira” só queria gozar naquele cuzinho apertado… gozei feito um louco no cuzinho, no colchão, e pra completar ela ainda pediu pra chupar o meu pinto todo gozado, ela falou que nunca havia se sentido tão vagabunda quanto eu a fiz se sentir, respondi que foi uma das minhas melhores transa pra deixar o seu ego lá em cima “mas de fato é a mais pura verdade” me limpei e subi pro quarto.
Acordei cedo com tanto tesão pensando no que havia feito com a minha cunhada que não perdoei minha esposa, fiz um delicioso sexo matinal, levantei tomei um banho e fui trabalhar e lá estava minha cunhada ainda dormindo na sala.
Depois disso mandei umas mensagens pelo WhatsApp e ela só me respondeu 1 semana depois falando que estava com vergonha mas queria replay.