Porno Gratis – Filmes Porno Brasileiros, Videos de Sexo Nacional, Sexo Amador, Videos Porno. - Porno Carioca. Videos Porno, Videos de Sexo, Xvideos, Filmes XXX, Sexo Amador, Porno, Fotos Amadoras, Porno Gratis, Contos Eróticos.
Home » Contos »

Conto Pornô Brasileiro – Trepando Com a Minha Prima

Conto Pornô Brasileiro – Trepando Com a Minha Prima

Nesta semana eu estava assistindo TV com minha prima, e meus pais já tinham ido dormir. Dei a ideia de assistirmos um filme de terror, estava meio frio e já era madrugada. Na metade do filme ela me abraçou com medo e sem querer apertou meu pau. Fiquei excitado na hora e logo retribui o “sem querer” apertando os peitinhos dela. Ela meio sem graça disse:

-Você apertou meus peitinhos, por quê?
-Foi sem querer prima!
-Sério, por quê apertou?
-É que você apertou meu pau..
-Então você quis me provocar…hm.
-Não foi essa a intenção.
Em seguida ela chegou perto de mim e me deu um beijo de tirar o fôlego!
Eu fui na dela, e fui tirando sua camisa, até que cheguei nos peitos, chupei os dois, deixei ela molhadinha, depois eu fui beijando sua barriga, então eu tirei sua sainha branca, e fui chupando sua bocetinha eu fiquei com medo na hora, pois estávamos na sala e ela estava gemendo muito,eu fui fazendo ela querer mais, ela disse que era pra mim abaixar as calças, e começou a chupar meu pau sem pressa foi bem devagar até que ela engoliu meu pau todo.
Eu botei ela de quatro e enfiei meu pau nela,então depois sentei ela no meu colo coloquei meu pau dentro daquela vagina quente e molhada e ela começou a quicar e cima de mim de maneira intensa! Meu Deus! Que gostoso!Ela estava tarada e gemia como se não tivéssemos que esconder nada de ninguém! Pedi pra ela se segurar um pouco pra que nada nos atrapalhasse! Coloquei ela deitada no sofá abri suas pernas e a chupei! Que xoxota deliciosa! Ela então não resistia e gemia alto! Resolvi então colocá-la de quatro apoiada com as mãos no sofa e meti no cu até gozarmos juntos. Logo depois fomos para cama dormir e acordamos como se nada tivesse acontecida pra ninguém desconfiar.