Porno Carioca: Filmes Porno Brasileiros, Videos de Sexo Nacional, Sexo Amador Grátis! - Porno Carioca. Videos Porno, Videos de Sexo, Zoofilia, Filmes XXX, Sexo Amador, Porno, Fotos Amadoras, Jogos de Sexo, Contos Eróticos. Tudo Grátis!
  • Acompanhantes VIP
Home » Contos » Dois marmanjos se pegando com tesão

Dois marmanjos se pegando com tesão

Dois marmanjos se pegando com tesão

Esta parada aconteceu no final do meu 2ºgrau, estava num colégio de gente rica, mas meu pai tinha poucas condições, para estudo ele fazia até hora extra. No último ano havia uma viagem para Ilhéus e eu nem pensei em pedir ao pai dinheiro para ir, era um sonho, uma semana de sacanagem. Faltando duas semanas para a viagem meu colega Pedrinho perguntou por que eu não iria respondi direto falta de dinheiro, e ele perguntou se eu queria ir de todo jeito, respondi que claro, então ele pagou a minha parte com uma condição, eu seria a sua companhia na viagem, topei na hora. Chegou o dia, e quando entrei no ônibus o meu lugar já estava reservado no seu lado, até tal momento tudo normal, quando chegamos na pousada o meu quarto era um pouco afastado dos outros e só tinha duas camas de solteiros. Arrumamos as coisas e fomos para as festas, neste dia notei que ele bebia pouco e eu enchi a lata, bebi todas, ao chegamos no quarto tomei um banho e me deitei nu, ainda ouvi Pedrinho reclamar alguma coisa, mas nem dei ouvido, pela manhã quando acordei vi uma roupa separada no pé da minha cama, era uma blusinha cor de rosa de seda e uma calçinha de fio dental branca, perguntei ao meu colega qual a menina que dormiu no quarto esquecendo as roupas, ele riu e disse foi você que se esqueceu de vestir ontem, nesta hora perguntei que loucura era aquela, e ele disse foi você que topou ser minha companhia na viagem, respondi que eu seria companhia na viagem, mas na cama nem pensar e que se ele gostava de viado procurasse outro porque eu não era. O FILHO DA PUTA nem se mexeu, virou o notebook dele e mostrou o que tinha acontecido de noite, quando peguei no sono bêbado ele raspou minha bunda e me comeu, foi ai que sentir meu cú incomodando um pouco, mandei ele deixar de frescura se não a coisa iria ficar feia, não deu outra, ele avisou se eu não pagasse com a bunda este vídeo iria circular no colégio. Respondi que eu não era viado e matava ele, ele com muita calma respondeu que não matava e que meio dormindo quando o seu pau entrou pedi para me foder com força, e que fazia tempo que não levava rola. Foi quando me lembrei que quando foi passar uma ferias em Salvador fiz vários troca-troca com meu primo, e fiquei sem saída, um vídeo eu sendo enrabado e pedido mais, me levantei foi até ele, já sabendo que era o jeito, passei a mão na rola dele, a sorte que era pequena, tomei um banho completo, e sair só de fio dental, fiquei de costa, como iria mesmo ser fodido, ele começou com beijo grego, e ele começou a chupar meu cú puxando o fio para o lado, não agüentei e o meu cacete subiu na hora, ele parou e disse Fábio, a vida como ela é, deu um sinal e entrou doze colegas meus de aula, e ele falou que tinha apostado com os outros que eu já tinha dado o cú, e as despesas dele comigo acabou em lucro e eu fudendo com todos, primeiro foi Pedrinho e por último Magrão, na volta da viagem meu cú já pedia rola, e na parada do ônibus todos desceram para lanchar e vi o motorista indo para um banheiro só deles, foi atrás, ele era um negrão forte, quando ele tirou a roupa para tomar banho para tirar o sono, cheguei por detrás e segurei seu cacete, porra, que cacete, ele perguntou se eu agüentava, deu um boquete e quando vi a máquina, respondi vamos tentar, ele passou creme de cabelo no meu cú, e quando viu a minha situação da viagem, disse vai entrar é tudo, me escorou na frente, encostou o cacete e enviou tudo, foi o maior gozo que tive nesta viagem. No início na outra semana quando cheguei no colégio foi aquela zorra, todos contando as brincadeira, quando se ligou o computador do colégio, Pedrinho tinha me filmado com o motorista e até a diretora viu. Em resumo, passei no vestibular em medicina e a vida como ela é, assumi ser gay.