Porno Gratis – Filmes Porno Brasileiros, Videos de Sexo Nacional, Sexo Amador, Videos Porno. - Porno Carioca. Videos Porno, Videos de Sexo, Xvideos, Filmes XXX, Sexo Amador, Porno, Fotos Amadoras, Porno Gratis, Contos Eróticos.
Home » Contos »

Marmanjo dotado pegou a cliente

Marmanjo dotado pegou a cliente

Bom…me chamo Roberto. Trabalho como taxista, e me considero bom no que faço. Pois tenho muitos clientes, um dia D.Maria me chamou por celular para buscar sua filhinha na rodoviária, Tita. Como ela a chamava. Eu lembro da Tita um doce criança com seus 12 anos um amor de garotinha. Chegando lá procurava Tita com aquela lembrança de criança, quando me espanto com um chamado: Roberto!!! Quando me virei me surpreendi….era Tita mas não aquela criança e sim uma mulher com seus 17 anos, cabelos longos e meio encaracolados, olhos castanhos, 1,70 de altura, quadril exuberante, sem falar numa bundinha maravilhosa e empinadinha, seios médios e pezinhos de princesa. cumprimentei-a e ela falou: Esta simpático como sempre. Bom me cuido, faço academia 4 vezes por semana, moreno, cabelos curtos, uso cavanhaque e 1,85 de altura. Peguei sua bagagem e fomos para o carro. Ela percebeu que o carro não era mais o mesmo e elogiou o novo que era de série de luxo e muito confortável. abrir a porta de traz quando ela falou que iria na frente como nos velhos tempos. Chegando na casa da mãe dela deixei-a e ela se despediu de mim com um beijo no cantinho da boca e falou: Te vejo depois! Fiquei sem ação. No outro dia o celular toca era Tita solicitando meus serviços para leva-la a praia com sua amigas. Chegando lá fiquei abismado em ver aquela mulher com uma canga de praia meio transparente. Chegando na praia desceram e Tita falou: Fica com agente! E eu disse: Não posso, tenho que trabalhar! Então ela retrucou : Fica comigo! Gelei na hora e fiquei sem resposta e ela sorriu me pedindo para busca-las as 17:00. Na volta ela veio na frente comigo e notei suas pernas com pelinhos loirinhos, meu pau na hora ficou duro. Ela percebeu, porque geralmente uso calça em sarja. Deixamos suas amigas e ela ficara por último no caminho de volta ela pede para comprar um sorvete. Paro numa dessas lojas de conveniências e ela volta com dois sorvetes, quando senta ele pede para ligar o ar condicionado e eu o fiz e fechando os vidros notei que a canga deixou as pernas descobertas mostrando um pouco da parte de baixo do biquíni, fiquei louco e suava. Ela notou e corou. Ao comer o sorvete, o mesmo caiu um pouco acima do seio e passei um papel toalha, sem pensar naquele ato, no local. Quando notei estava passando o papel pertinho do seu seio, quando ela falou você bom nisso, hein. Aquetei-me, ela falou não fique assim. Pois desde os meus 12 anos achei você um tipão de homem. falei que era bobagem dela e ela falou que era verdade e disse que ela tinha percebido que eu olhava para as pernas dela. Corei no ato e fiquei mais excitado ainda e parei o carro no final da praça antes da casa dela e falei a ela: Tita pare com isso, você está tirando minha paz ou você verá o que lhe acontece, para minha surpresa ela disse: Você não me controla. Então num ato de extremo tesão dei-lhe um beijo de tirar o fôlego e ela me empurrou e dizendo: Como você é bom nisso! e disse a ela você verá como sou mais. Coloquei o carro mais adiante no escuro e passei para o banco de traz e puxando ela e começamos um sarro louco, ela dava um gemidinhos. Aquilo me deixava mais doido de tesão. então tirei a parte superior do seu biquíni e chupei aqueles seios durinhos e bicudinhos, dava um mordidinhas e ela se arrepiava mais. Foi quando botei meu pau para fora e coloquei a mão de Tita no meu pau ela segurou e dizendo com estava quente e falei a ela: è de tesão por você! Ela se abaixou fazendo um boquete maravilhoso e passava a língua na cabeça do pênis, eu ficava louco e arrepiado. Tiramos nossa roupa, ali dentro do táxi e passei a passar a língua na bocetinha de Tita ela gemia tanto que ela mesmo colocou a mão na boca. Percebendo que estava excitada a pus de lado e comecei a penetra-la devagar, pois me pediu cuidado com ela. Pois só tinha tido um namorado até então. Sendo assim empurrando meu pau em Tita devagar ela se arrepiava toda e disse para mim: Me possua logo pois não agüento mais de tesão! Então comecei a comer Tita sem perdão e mordendo sua orelhinha. Tita já tinha gozada duas vezes e nossos corpos suados com aquele vai e vem. Quando pedi a ela para sentar em cima do meu pau, e ela concordou sentando. E começou a cavalgar que nem uma amazonas e lhe dando uns tapinhas na bunda, ela disse: assim que eu gosto! Foi quando comecei a passar ao dedinho no seu cuzinho ela disse que não pois insistir dizendo que eu gostava assim e deixei o dedo na bundinha dela e começava a empurrar só a pontinha do dedo foi quando perguntei a ela : Ta gostoso? Ela respondeu que sim. E falou que iria gozar de novo. Disse a ela: Goza para mim, goza no meu que gozarei nessa buceta maravilhosa. foi quando gozamos juntos num instante delirante de prazer. O nosso gozo demorou e ficamos olhando um para o outro. Nos vestimos, e o carro com aquele cheiro de sexo. Sorrimos com um brilho no olhar. Chegando na sua casa, a sua mãe disse: Minha filha estava preocupada com você, até essa hora na praia e as meninas? Ficaram em suas casa, disse Tita. Tita disse ainda: Mãe conheci um cara espetacular! Eu gelei na hora. E mãe dela disse que era bom que ele viesse na casa dela. Sua mãe agradeceu e pagou a corrida e Tita se despediu de mim com um ato sensual passando a língua nos seus lábios sem sua mãe olhar. E sair sorrindo e contente.