Porno Gratis – Filmes Porno Brasileiros, Videos de Sexo Nacional, Sexo Amador, Videos Porno. - Porno Carioca. Videos Porno, Videos de Sexo, Xvideos, Filmes XXX, Sexo Amador, Porno, Fotos Amadoras, Porno Gratis, Contos Eróticos.
Home » Contos » Virgens »

Putinha deu o cuzinho para o ladrão

Eu cheguei em casa após um dia cansativo de trabalho…estava calor r fui tomar banho…já era tarde. Sai do banho, me enxuguei e como estava calor, decidi dormir nu…logo após pegar no sono, senti algo encostando na minha cara e quando abri os olhos, deparei-me com o cano de uma arma! Era um assaltante! Como o abajur estava ligado, pude vê-lo nitidamente…era um mulato alto e forte e bem mal-encarado…Ele mandou eu me levantar e encostar na parede…me vendo sem roupa, ele me olhou de cima a baixo e deu uma risadinha…encostei na virado para a parede enquanto ele mexia na minha carteira quer estava sobre o criado-mudo…

– Só tem isso de grana? – Ele perguntou

– Sim… – respondi timidamente e assustado.

Senti ele se aproximar e sua mão apalpar minha bunda…ele encostou a boca na minha orelha e disse:

– Que bundinha gostosa que você tem! Faz tempo que to na seca…quer ser minha mulherzinha hoje?

– Que é isso cara! Leva a grana e me deixa em paz…não sou disso… – respondi assustado, pois aquele homem queria me estuprar!

– Qualé? Ninguém vai ficar sabendo…tenho todo o tempo do mundo e tem mais: agora sou eu que mando por aqui e tu vai fazer o que eu mandar, ta me ouvindo? Vai ser minha putinha sim!

Ele meteu a mão na minha bunda…pedi para ele parar…ele então disse:

– Faz assim então, chupa minha rola e eu vou embora e não como teu cuzinho, beleza? Mas sem gracinha, senão estouro tua cabeça!

Tive que aceitar…era isso ou ser enrabado pelo mulato…Me ajoelhei na frente dele e ele abriu a calça e colocou a rola para fora…era grande e grossa e pensei que havia afinal feito um bom negocio dentro do possível, pois aquela rola ia me arrombar se ele resolvesse me comer! Segurei a pica dele e punhetei devagar…nunca tinha feito um boquete, mas sabia como fazer…comecei a lamber devagar…fui até as bolas e as chupei…senti um calor no estomago e fiquei excitado…me deixei envolver e mamei a rola dele com vontade…

– Isso putinha…chupa gostoso!

Eu mamava com vontade e achei que logo ia receber um jato de leitinho na boca, mas ele me fez parar e memmandou ficar no chão de joelhos…ele olhou para meu guarda-roupas e disse:

– Tem grana lá dentro?

-Não, claro que não…só minhas roupas – respondi.

-To precisando mesmo de uns panos novos…vou olhar…fica ai de joelhos…

Ele começou a fuçar nas gavetas e tirou de dentro uma calcinha rosa…

– Que tanguinha é essa? É tua? – Ele perguntou rindo maliciosamente.

– Não… – E realmente não era…era de uma garota que eu havia transado e que me deixou de lembrança…era uma tanguinha rosa bem sensual…

O ladrão olhou para a tanguinha e então jogou ela para mim e disse:

– Veste…quero ver como fica em você…

Vesti e a tanguinha ficou bem cavada na minha bunda. Ele se aproximou e passou a mão na minha bunda…me senti uma putinha e tive tesão…ele tirou a camisa e a calça e mandou eu ajoelhar e voltar a mamar…logo, lá estava eu de calcinha e mamando a rola dele. Ele gemia…então ele me pegou pelo braço e me jogou na cama e disse:

– Não aguento mais, vou comer teu cu…vc ta uma delicia nessa tanguinha…vai ser minha putinha essa noite…tentei protestar dizendo:

– Mas vc prometeu que não ia me estuprar!

– Tu vai gostar, eu garanto! Agora cala a boca!

Ele veio pra cima de mim e chupou meu pescoço e me beijou…ficou no meio das minhas pernas e senti a rola dele forçando minha bunda…ele então me virou de bruços e começou a tirar a tanguinha com a boca…eu já estava aceitando a situação…estava dominado…estava querendo aquilo…senti a lingua dele no meu cuzinho…sem ele mandar, fiquei de quatro e me entreguei…Ele foi enfiando aquele mastro dentro do meu rabinho…eu gemia e rebolava…ele meteu com força e empinei a bunda, sentindo o pau dele todinho dentro de mim…ele metia sem dó…fui deitando e ele por cima, metendo sem cansar…teve um momento que ele tirou o pau para se ajeitar e eu me virei e puxei ele pra mim…abri as pernas e as apoiei em seus ombros e fizemos um papai-mamãe…ele metia no meu cuzinho e podia me olhar nos olhos…depois voltei a ficar de 4 e ele gozou…enquanto ele gemia, seu leitinho inundava meu rabinho…ele ficou deitado do meu lado, recuperando o folego…estávamos suados…tomamos banho e voltamos para a cama…ele queria mais…

– Tu dá gostoso! – Ele disse – Quero te foder mais um pouco…vou passar a noite fodendo esse cu apertado!

Mamei a rola dele novamente e depois ele voltou a me enrabar…sentei no pau dele…dei de 4 e terminamos no papai-mamãe com ele gozando gostoso! Me senti uma putinha de verdade…Era 5 da manhã quando ele foi embora…não levou todo o meu dinheiro e disse que voltaria um dia para me comer gostoso de novo…estou na espera…

  • Avaliação: 96%
  • Postado por: Zé Carioca
  • Visitas: 26719
  • Data: 27/06/2013
  • Duração:
  • Categorias: Virgens