Porno Gratis – Filmes Porno Brasileiros, Videos de Sexo Nacional, Sexo Amador, Videos Porno. - Porno Carioca. Videos Porno, Videos de Sexo, Xvideos, Filmes XXX, Sexo Amador, Porno, Fotos Amadoras, Porno Gratis, Contos Eróticos.
Home » Contos »

Vadia dando uma trepadinha bem gostosa

Vadia dando uma trepadinha bem gostosa

Meu celular toca. Procuro-o entre os papeis espalhados sobre a mesa. Lamento mais uma vez estar sozinha no consultório em plena segunda-feira. Atendo sem ver quem é… Minha mente estava a mil, demorei a entender o que a voz do utro lado falava…

Olhei o visor do celular: era ele. O tempo parou naquele instante. Rapidamente lembrei-me daquele encontro depois do expediente. Senti um ar de vitória depois da ultima loucura: ele ligou. Atendi calmamente, perguntei no que poderia ajuda-lo, acrescentando algumas pitadas de pimenta na voz. Ele, num tom autoritário e sedutor, disse para eu ir até o banheiro e me tocar para ele. Que ficasse ao telefone pois queria que eu descrevesse cada gesto que fizesse, como eu estava vestida… Disse-me que estava “pronto” e que precisava de mim naquela hora.

Achei loucura, mas assim que ouvi dizer aquilo meu corpo também ficou pronto. Até a voz dele me excita! Queria me tocar com ele ouvindo meus sussurros e gemidos. Pedi que ele viesse até ao meu trabalho, afinal eu estava sozinha… Mas ele estava entrando numa reunião de negócios enquanto me ouvia gemer. Deixei ele absolutamente louco! Dizia que estava de p… duro só de me ouvir daquele jeito! Assim que ele desligou, puxei a calcinha para o lado, tirei uma foto e enviei. Queria ver a cara dele ao receber aquela foto… bem no meio de sua reunião!

Recompus-me e voltei para minha mesa e meus compromissos. Uma hora depois já estava completamente envolvida no trabalho e nem lembrava mais do fato. Estava no telefone quando ele entrou. Quase morri do coração! De óculos escuros falando no celular era um verdadeiro pedaço de mau caminho. Vi o volume que se pronunciava dentro de sua calça… Lindo volume, por sinal! Perdi o foco! Precisei desligar o telefone pois nem me concentrava mais na conversa. Enquanto isso, ele fitava minhas pernas, gesticulando para que eu as abrisse e pudesse ver minha calcinha sob minha meia.

Ao colocar o fone no gancho, ele me puxou pelo braço. Levou-me para a sala reservada que tem lá no consultório, me beijou com intensidade. Sem muitas palavras, agarrou minha bunda, me debruçou sobre a mesa, abaixou minha meia levantou meu vestido. Tudo assim, um tanto selvagem! Ele me invadiu por trás… Seu membro era grande e me penetrou rasgando. A dor e o tesão se misturaram juntos aos meus gemidos… Esse é daqueles bons, que sabem o poder que tem! Quis reclamar, mas ele rapidamente me pegou pelos cabelos e segurou meu rosto sobre a mesa. Ordenou que eu abrisse minhas nádegas com as mãos para que ele pudesse ver aquele “entra e sai” gostoso; que só a gente sabia fazer…

Eu queria gritar a cada estocada, mas poderíamos ser descobertos a qualquer momento. Tive que curtir no silêncio! Foi intenso e rápido! Abria cada vez mais as minhas pernas para sentir ele dentro de mim. Estava completamente molhada! Fechei os olhos para deliciar cada segundo. Estava prestes a gozar…

Ele me encheu do seu prazer rápida e dolorosamente. Mesmo sobre protestos, ele se afastou de mim. Maldito! Eu queria mais!! Olhou-me com aquela carinha de safado, beijou meus lábios com delicadeza e sorriu maliciosamente. Eu o arranhei! Queria que ele ficasse e terminasse o “seu trabalho”. Precisava dele ainda dentro de mim.

Ele arrumou-se e foi embora… E eu? Eu fiquei ali com raiva, com tesão (triplicado!), com vontade e com dor. Voltei ao trabalho resignada. Ele me paga!! No meu celular, uma mensagem dele:

“ Aquela foto que você mandou me deixou louco, gostosa! Vou compensar a rapidinha de hoje de um jeito que você amar”… Me senti completamente usada e abusada! Mas adorei!

  • Avaliação: 100%
  • Postado por: Zé Carioca
  • Visitas: 1294
  • Data: 06/07/2013
  • Categorias: Contos