Porno Gratis – Filmes Porno Brasileiros, Videos de Sexo Nacional, Sexo Amador, Videos Porno. - Porno Carioca. Videos Porno, Videos de Sexo, Xvideos, Filmes XXX, Sexo Amador, Porno, Fotos Amadoras, Porno Gratis, Contos Eróticos.
Home » Contos »

Gostosinha deliciosa deu gostoso para seu professor de Ed. Física

Gostosinha deliciosa deu gostoso para seu professor de Ed. Física

Oi gente!! Vou me apresentar, meu nome é Gabi. Tenho 16 anos 1,60 m e sou magra, branquinha e muitos me chamam de loirinha por causa das luzes no cabelo. Meus peitos não são grandes, mas também não são pequenos, tenho uma bundinha boa e acho que é só isso sobre mim. Recentemente tive uma experiência que eu nunca imaginei que teria!! Vou contar pra vc.

Estou no segundo ano do ensino médio e vou contar o que aconteceu algum tempo atrás. Conheci meus professores que até entao me davam aula e até hoje dão no ano anterior. Nenhum deles me chama muita atençao, mesmo pq a maioria mantém uma relação bem distante dos alunos. Mas o meu prof de fisica foi diferente. Nunca me senti fisicamente atraida por ele, mas sabem quando a pessoa é tão gente boa e atenciosa que a gente confunde as coisas? Ele é alto, tem menos de 30 anos, um rostinho lindo e um jeito que deve conquistar muitas por ai.

Bom, quando adicionei ele nas redes sociais começamos a conversar bastante, eu tirava duvidas da materia, e tal. Um dia me senti confortavel em conversar com ele sobre algumas duvidas pessoais que eu tinha e ele me acolheu muito bem, ate me procurou no chat mais tarde pra ver como eu estava. Entao ele pediu meu numero pra conversarmos melhor e foi isso que fizemos. Depois de muita conversa, ja estava de madrugada, e começamos a falar de sexo. Aquilo me excitou, mas ele era meu prof e eu só era a queridinha dele, nao pensava em fazer nada demais. Um tempo depois, continuamos com certa intimidade, e entao eu fui na casa dele pra ter a aula particular perfeitamente normal. Lá, ele foi bastante profissional e nem parecia aquele safado que falava aquelas coisas comigo por mensagem.

Mas ele ia falando de fisica e de vez em quando encostando a perna na minha, e uma hora que esbarrou em mim pediu desculpas e passou a mão na minha coxa até em cima. Aquilo subiu um negocio em mim, mas tentei prestar atenção nos exercícios. Entao acabamos com minhas duvidas, ele me chamou pra sentar no sofá com ele, e começamos a conversar como nas mensagens. Ele disse que eu era linda, perguntou se eu tinha namorado e eu respondi que nao. Falou que meu corpo era maravilhoso e que ele daria tudo pra ver, eu disse que nao gostava muito dos meus seios pq os achava pequenos. Ele ficou louco, disse que deviam ser perfeitos e eu disse “quer ver que não?”. Nessa hora já dava pra perceber o volume na calça dele e ele me chamou pro seu quarto. Quando sentamos, ele me disse que eu devia relaxar e me virou de costas pra ele. Passou a mão nas minhas coxas, no meu peito, colocou a mão dentro do meu short e começou a me masturbar. Nossa respiraçao ficou acelerada e ele apagou as luzes. Me virou e abriu meu short e eu ajudei ele a tirar toda a minha roupa. Ele abriu minhas pernas e caiu de boca na minha grutinha, lambeu, chupou, enfiou 2 dedos dentro de mim e me fez gemer muito alto. Quando achou meu ponto G, chupou muito minha buceta e meteu os dedos bem rápido, o que me fez gozar muito. Ai fui retribuir… subi em cima dele e o beijei enquanto pegava no seu pau por cima da calça. Eu estava nua, entao fiquei me esfregando contra o pau dele e ele ficou maluco com isso, entao desci e beijei por cima de sua calça, lambi, ate que ele abriu a calça pra me ajudar. Tirei seu pau de dentro, era grande e grosso que nao me segurei, caí de boca, chupei, lambi muito de baixo ate em cima e ele ja dizia coisas tipo “ai meu deus” “vc é muito gostosa”. Ele me puxou pra cima dele de novo e começamos um 69 muito gostoso, ele lambeu muito minha xana e eu levei o pau dele ate onde pude na minha garganta. Ficamos uns minutos assim, ate que ele enfiou a lingua em mim e nao aguentei, soltei um urro de prazer e gozei que nem louca na boca dele! Chupei muito enquanto masturbava ele e quando engoli de novo seu pau quase engasguei e ele encheu minha boca de porra. Ele deu uma pausa e disse “Gabi, vc é muito linda, mas não posso ser o seu primeiro homem pq tem que ser alguem especial. Ai eu deitei de lado pra ele e falei baixinho em seu ouvido “não me importo prof, me faça mulher”. Nossa, foi o que ele precisava ouvir, me deu um beijo muito molhado e me colocou de 4, esfregou seu pau na minha grutinha e encaixou, eu tava tão molhada que escorregou pra dentro e senti uma dorzinha pequena que depois virou um prazer enorme e ele começou a meter freneticamente, eu gemia muito, ele me disse que eu era gostosa, apertadinha, que tava doido era pra comer meu cu, isso me dava muita tesão…

Ele entao mudou de posiçao, deitou na cama e eu sentei no seu pau, me posicionei pra frente e ele meteu fundo e tirou várias vezes… Passou um tempo nisso metendo e tirando… depois disse “agora dá a bundinha pra mim vai gostosa”, e enquanto nos beijávamos eu fiquei de 4 novamente e ele voltou a me chupar ate que fiquei encharcada. Nisso, ele pegou o pau e encaixou na entradinha do meu cu e forçou um pouco, eu disse que tava doendo e ele disse “fica tranquila, só doi pra entrar e depois fica muito bom” entao relaxei e ele meteu tudo de uma vez. Dei um grito de dor, mas quando ele começou a estocar, ja que eu estava muito lubrificada quase nao doeu mais e realmente gostei. Eu disse “mete em mim vai, come a sua aluninha” e ele meteu com uma força que o pau dele entrou todo no meu cu. depois de varios minutos assim nenhum dos dois estava aguentando mais e gozamos juntos! Senti aquela porra quente dentro de mim e caímos exaustos na cama, eu melecada de sangue e porra, vendo estrelas, os dois suados e jurando que aquilo jamais sairia dali… Eu havia dito aos meus pais que dormiria na casa de uma amiga pra estudar, entao nem nos preocupamos e dormimos ali mesmo… No dia seguinte fomos pro colégio como se nada tivesse acontecido, e nada nunca mais aconteceu. Mas aposto que até hoje ele se lembra da aluninha que o fez perder o fôlego aquele dia…